MARÇO 2018

OUTROS EVENTOS

AUDITÓRIO |CASA MUNICIPAL DA CULTURA

Dia 10 | Março | 15:00H

HORIZONTES POÉTICOS
Apresentação do livro de poesia de Paulo Oliveira

Horizontes Poéticos é uma obra híbrida que procura, através da poesia, captar a atmosfera social do mundo moderno, direcionado para a família e amigos, para os amores e desamores , equacionando determinadas questões, interrogando a vida e a forma como, muitas vezes, certas pessoas têm que remar contra ventos e marés para poderem pôr de pé um projeto de vida. Olha para o horizonte, questiona o impacto do pôr do sol na tua vida, que coloca as pessoas de frente para o mar, que é fonte de dor e de esperança: dor da saudade daqueles que partem e esperança de que possa ser o caminho para uma comunicação fluente com outros mundos. A obra não olha só para a família ou amigos, mas para uma realidade geral, abrangendo vários temas distintos.

Horizontes Poéticos é uma obra abrangente. De Almada, salta para Lisboa, falando da magia da Cidade Capital, canta a força das águas do Rio Tejo, o amor e aborda questões existenciais da vida, do lugar que a palavra ocupa para criar os sentidos à volta do ser humano, dos seus sentimentos, do seu mundo e da sua existência.

Horizontes Poéticos fala do mar, da partida, da saudade, do amor, do silêncio, da noite, da luz e do nascimento, das superstições que povoam o imaginário das pessoas, da sensibilidade da mulher mas principalmente da vida.


MAIO 2017

OUTROS EVENTOS

AUDITÓRIO |CASA MUNICIPAL DA CULTURA

Ana Maria Garcia dos Santos começou a rabiscar os seus poemas com cerca dos 15 anos, atraída por poemas de autores portugueses, entre eles Luís de Camões. Quase toda a sua poesia era de inspiração romântica, fomentada pela solidão de vários momentos, pela música de carater romântico ouvida na rádio e pelas suas paixões. Aos 17 anos decidiu iniciar-se na prosa, escrita que de certa forma, apreciava mais atendendo a que gostava muito de descrever o que a rodeava, realidades duma vida. Assim, iniciou o seu percurso literário aos 47 anos através da publicação de 4 poemas na colectânea de poesia UTOPIA(S) editada pela SINAPIS Editores, a 26 de Setembro de 2015, a que se seguiu a publicação de mais 4 poemas na colectânea de poesia PARADIGMA(S) editada pela COLIBRI Editores, a 24 de Setembro de 2016. Com as Edições OZ, publicou o seu 1º romance, “Confissões”, sob o pseudónimo Nina Garcia, a 26 de Novembro de 2016.