MAIO 2019

MÚSICA

CINETEATRO |CASA MUNICIPAL DA CULTURA SEIA

Concerto de abertura da Bienal Internacional de Gaia

Lena d'Água nasceu em Lisboa em 1956 e estreou-se como vocalista numa banda em 1976. Gravou dois discos para crianças - Qual é Coisa Qual é Ela? (1979) e Ou Isto ou Aquilo (1992)e variados outros: Sem Açúcar (1980), Perto de Ti (1982), Lusitânia (1984), Terra Prometida (1986), Aguaceiro (1987), Tu Aqui (1989), As Canções do Século (1994), Sempre, ao vivo no Hot Clube (2007) e Carrossel (2014). Editou um livro de poemas da sua juventude, A Mar Te (1984) e outro sobre o seu Pai - ídolo de multidões nos anos 50 - José Águas o Meu Pai Herói (2011). Prepara um novo registo discográfico, a ser editado em 2019.

Para além dos seus próprios projetos, Tahina Rahary acompanha vários artistas de renome: Sara Tavares ( diretor musical), Carlos Mendes (diretor musical), Lena d'Água, Herman José, Jorge Fernado, Dany Silva, Filipe Mukenga, Jaques Panicet, Chris Alexander, Marc Perrenoud, Fernando Girão…

Lena D'Água (Voz); Tahina Rahary (Guitarra)

Entrada livre

MÚSICA

CINETEATRO |CASA MUNICIPAL DA CULTURA SEIA

Este recital apresenta quatro obras relevantes do repertório ibérico para piano dos séculos XIX e XX. O programa inclui, por um lado, dois ciclos com obras de carácter nacionalista (a suite España de Albéniz e a 1ª série das Cenas Portuguesas de Vianna da Motta), que contrastam grandemente com obras de uma construção mais formal (Sonata nº 2 de Lopes Graça e Sonatine pour Yvette de Montsalvatge).

Entrada: Normal - 5€ C/ Cartão Municipal – 2,5€

ABRIL 2019

MÚSICA

AUDITÓRIO |CASA MUNICIPAL DA CULTURA SEIA

Dia 7 | Abril | 10:30H

O TIO ÓSCAR
Música para bebés

Público-alvo:
25 bebés dos 0 aos 36/42 meses (+acompanhantes)
Duração aproximada: 45'
Elenco mínimo: 5 elementos
Participação mediante inscrição

Musinf® é um conceito de estimulação e educação musical orientada concebido e praticado nas atividades e performances do grupo Colcheia e Tio Óscar. Neste formato apresenta-se ao público enquanto concerto para bebés até aos 36 meses e envolve ativamente crianças e suas famílias numa viagem ao mundo dos sons.
Com recurso a diferentes instrumentos de cordas, sopro e percussão e a uma equipa pedagogicamente treinada, o palco Musinf transforma-se num espaço de cumplicidades que envolve os participantes ativos (bebés), músicos e ouvintes (adultos acompanhantes) numa incursão pelo admirável mundo da música.
Assim foi o modo como o "Musinf", sob a alçada da Colcheia, se apresentou oficialmente ao público em 2007, num registo inovador de concertos de música para bebés e suas famílias. Nesse formato conquistou público e apoiantes num vasto rol de atuações em instituições e casas de espetáculo de todo o Portugal.
Conjugando as habilitações académicas e artísticas dos seus intervenientes em prol duma cuidada e profissional estimulação musical de crianças de berço e não só, os concertos "Musinf" foram sendo revitalizados e decompostos noutras abordagens, dos quais se destacaram também os projetos "Timbre" e "Timbre Puer".

MÚSICA

CINETEATRO |CASA MUNICIPAL DA CULTURA SEIA

Dia 12 | Abril | 21:00H

CONCERTO DO ESTÁGIO DE ORQUESTRA DE SOPROS
Maestro Convidado Adelino Mota

O Estágio de Orquestra de Sopros, organizado pelo Conservatório de Música de Seia - Collegium Musicum tem por objetivo proporcionar uma oportunidade de partilhar novas experiências musicais importantes para a formação de todos os alunos/executantes e a possibilidade de adquirirem noções importantes ao seu desenvolvimento musical.
O Estágio decorrerá entre os dias 9 e 12 de Abril de 2019, nas instalações da Escola Profissional da Serra da Estrela (Edifício III - Crestelo), onde está sediado provisoriamente o Conservatório de Música de Seia. Culminará com um Concerto Final no dia 12 de Abril, às 21h, no Cine-Teatro da Casa Municipal da Cultura de Seia.
A direção artística estará a cargo do Maestro Convidado Adelino Mota, assistido pelos professores do Conservatório de Música de Seia, que orientarão nos trabalhos preparatórios, os diversos naipes da orquestra.

Entrada livre

MARÇO 2019

MÚSICA

AUDITÓRIO |CASA MUNICIPAL DA CULTURA SEIA

O Quarteto Lopes-Graça, um projecto da Musicamera, apresentará um programa centrado na música para quarteto de cordas do compositor Eurico Carrapatoso.
"Imaginei, para este evento, um programa em torno do quarteto de cordas, uma vez que, sendo um orgânico histórico incontornável, singular na pureza e coesão do seu timbre, está pouco divulgado em Portugal, principalmente ao nível da interpretação de obras portuguesas para tal conjunto instrumental." Eurico Carrapatoso.

Organização: DME; Apoio Município de Seia

Entrada livre

MÚSICA

CINETEATRO |CASA MUNICIPAL DA CULTURA SEIA

O Festival DME acolhe um concerto do Ensemble NADAR, oriundo da Bélgica, onde será estreada uma obra do compositor português, radicado na Alemanha, Luís Antunes Pena, co-encomendada pelo Festival DME e pela Arte no Tempo. Com recurso a electrónica, vídeo e luzes, este concerto contará ainda com obras dos reputados compositores Natacha Diels, Pierre Jodlowski e Michael Beil.

Organização: DME; Apoio Município de Seia

Entrada livre

MÚSICA

CINETEATRO |CASA MUNICIPAL DA CULTURA SEIA

"SUPRAHUMAN é um projecto interdisciplinar que une um compositor, instrumentistas e artistas multimédia num espectáculo imersivo, que pretende conduzir o público à reflexão sobre a nossa própria situação enquanto seres humanos num mundo a ser controlado pela Máquina.
SUPRAHUMAN é um momento de imaginação, de conjectura e reflexão colectiva, o momento para reflectirmos no que está para vir muito em breve. Ou então, é só um ensaio audiovisual para se assistir sentado, esperando calmamente a chegada da máquina perfeita."
Um projecto da Interferência - Associação de Intervenção na Prática Artística.

Organização: DME; Apoio Município de Seia

Entrada livre

MÚSICA

CINETEATRO |CASA MUNICIPAL DA CULTURA SEIA

Warm up

Nuno Costa, nascido em 1980, começou a tocar guitarra aos 15 anos. Estudou na Academia de Amadores de Música, na escola do Hot Clube de Portugal e Berklee College of Music.
Em 2009, grava o seu primeiro disco, “(...) - Reticências entre parênteses” para a editora Tone of a Pitch. «Com a sua estreia em disco, Nuno Costa afirma-se como um interessante guitarrista e, acima de tudo, como um dos grandes compositores do nosso jazz.» Em 2012, lança o álbum “All Must Go” para a mesma editora. Daí para cá, não mais parou em vários e desafiantes projectos musicais.
Para além do trio NoA com o qual se tem apresentado regularmente nos últimos anos, Nuno Costa conta ainda com um projecto de “Filme/Concerto” e em parceria com o pianista Óscar Graça compõe uma nova banda sonora para alguns dos mais emblemáticos filmes mudos da história do cinema.
Actualmente, pertence ao corpo docente da escola de Jazz Luís Villas-Boas (Hot Clube de Portugal), da Universidade Lusíada de Lisboa e é aluno do Doutoramento em Artes Performativas e da Imagem em Movimento na Universidade de Lisboa.

Nuno Costa – Guitarra; Rita Maria – Voz; João Paulo Esteves da Silva – Piano; Bernardo Moreira – Contrabaixo; André Sousa Machado - Bateria

Entrada: Normal - 4€ c/ cartão municipal – 2€

MÚSICA

ESCOLAS

Escolas com Jazz - Componente Pedagógica

Com o objetivo de promover o contacto dos alunos com este estilo musical, e em parceria com o Município de Seia, no âmbito da realização do SEIA JAZZ & BLUES, a Big Band EPSE promove a iniciativa de levar o Jazz às escolas do Concelho de Seia. Adotando sempre uma temática com uma mensagem forte do ponto de vista social, tem usado temas como My Favourite Things ou Bye Bye Blackbird, para que as crianças, possam cantar em contexto de sala de aula e, em palco com a Big Band. Este projeto também foi implementando em outros Concelhos da Região.

MÚSICA

CINETEATRO |CASA MUNICIPAL DA CULTURA SEIA

A Big Band da EPSE é um projecto que nasce no âmbito da disciplina de “Projectos Colectivos de Improvisação” do Curso Profissional de Instrumentistas de Sopro e Percussão/ Cordas e Tecla da Escola Profissional da Serra da Estrela. Com o objectivo de iniciar os seus alunos na área da improvisação, desenvolve um repertório baseado em standarts do Jazz e do Blues, incentivando-os ainda ao desenvolvimento da criação artística.

A Big Band da EPSE realiza concertos em diferentes pontos da Região, tendo, desde 2012, participação regular no Festival Seia Jazz&Blues, acompanhando músicos como Bárbara Maximino, Gileno Santana, João Barradas e José Nine (Espanha).

Este ano conta com os convidados:

Ricardo Pinheiro – Guitarra; David Solernou Bellido – Trompete; Bárbara Maximino – Voz; Beatriz Araújo - Voz

Entrada livre

MÚSICA

CINETEATRO |CASA MUNICIPAL DA CULTURA SEIA

Banda Discartável é uma Brass band com uma formação reduzida das tradicionais bandas de Dixieland. Apresenta um reportório animado carregado de energia e boa disposição. Oriundos de lugar incerto, vagueiam algures pelo imaginário..
Em Seia vão animar as ruas da cidade, ao fim da tarde de sexta-feira e à noite na recepção ao concerto de Blues no Cineteatro da Casa da Cultura.

MÚSICA

CINETEATRO |CASA MUNICIPAL DA CULTURA SEIA

Considerados pela crítica como a melhor banda de Blues nacional, Budda Power Blues celebram 15 anos de existência em 2019.
Com 7 discos editados, neste ano lançam o seu 8º trabalho de estúdio. Um Vinil de 7" em edição limitada e numerada destinada a premiar os mais fieis seguidores da banda.
Para além de um concerto de celebração, o concerto será gravado para editar o primeiro disco ao vivo do trio Brancarense, integrado na digressão "Fifteen Long Years Tour"

Budda Guedes: Voz e Guitarra; Nico Guedes: Bateria e coros; Carl Minnemann: Baixo e Coros.

Entrada: Normal - 5€ c/ cartão municipal – 2,5€

MÚSICA

CINETEATRO |CASA MUNICIPAL DA CULTURA SEIA

Trio ad-hoc de jovens veteranos, apresenta-se neste festival para uma revisitação colectiva das suas referências, numa homenagem a quem abriu novos caminhos para a improvisação, numa deriva europeia que surge do cruzamento da música erudita contemporânea com o que sobrou da liberdade do jazz. Pretende-se assim a construção de uma linguagem colectiva aberta ao diálogo e ao erro, à escuta profunda e, importante, a um exercício de composição instantânea.

Ernesto Rodrigues – Violino; Fred Lonberg-Holm – Contrabaixo; Rodrigo Pinheiro – Piano

Entrada livre

MÚSICA

CINETEATRO |CASA MUNICIPAL DA CULTURA SEIA

Três cantoras, amigas e cúmplices, juntas em palco para partilhar o amor pelo jazz e pelas canções que fizeram a sua história.
Joana Machado, Marta Hugon e Mariana Norton cruzaram-se na escola do Hot Clube de Portugal, primeiro como alunas e depois como professoras.
Desenvolveram projetos distintos e sólidos, colaborando por vezes, e cada uma compondo ou escrevendo o seu próprio repertório. Um dia, entre copos e música, revisitaram os seus standards preferidos e as suas possibilidades infinitas e surgiu a vontade de voltar a casa. A casa dos músicos de jazz que é feita de compositores como Cole Porter, Irving Berlin, George Gershwin, Richard Rogers, Jerome Kern ou Harold Arlen.
ELAS recriam o universo sempre contemporâneo dos musicais da Broadway e dos clubes de jazz de NY, num espectáculo que, mais do que uma visita aos clássicos, é uma narrativa musical contada a três vozes, distintas mas sempre feitas de emoção.

Joana Machado, Marta Hugon e Mariana Norton – Voz; João Pedro Coelho – Piano; Romeu Tristão – Contrabaixo e André Sousa Machado – Bateria

Entrada: Normal - 5€ c/ cartão municipal – 2,5€

MÚSICA

CINETEATRO |CASA MUNICIPAL DA CULTURA SEIA

De Valência chega um dos maiores músicos de Jazz da atualidade. O Trompetista Voro Garcia, uma das referências do Jazz espanhol.
Colaborou com músicos como Peter Bernstein, Dave Kikoski, Bob Gullotti, Greg Hopkins, Dave Douglas, Bill McHenry, George Garzon, Perico Sambeat, Lee Konitz, Jorge Rossy, Eric Alexandre, Rich Perry, entre outros.

Voro Garcia – Trompete; José Pedro Coelho - Sax Tenor; Jeff Davis – Vibrafone; Demian Cabaud – Contrabaixo; João Pereira - Bateria

Entrada: Normal - 4€ c/ cartão municipal – 2€

JANEIRO 2019

MÚSICA

CINETEATRO |CASA MUNICIPAL DA CULTURA SEIA

Dia 5 | Janeiro | 21:30H

CONCERTO DE ANO NOVO 2019
ORQUESTRA DA ESCOLA PROFISSIONAL DA SERRA DA ESTRELA

A Escola Profissional da Serra da Estrela realiza, no próximo dia 5 de janeiro, o concerto de ano novo convidando, desta forma, toda a comunidade a juntar-se à celebração da entrada no novo ano.

Um concerto que tem acompanhado o desenvolvimento do curso de instrumentista, faz este ano, uma pequena retrospectiva de obras que marcaram o inicio destes concertos.

Aliado aos clássicos de Strauss, juntam-se as sonoridades festivas de compositores como James Barnes e Modest Mussorsgky.



É desta forma que a Escola Profissional da Serra da Estrela, através da sua Orquestra, pretende desejar um Bom Ano de 2019.

topo